quarta-feira, 2 de maio de 2007

Acusação.

Você me puxou para o seu mundo

Totalmente insano,

Envolvendo-me em frenéticas decepções

E sujeições…

Levou-me

Fez-me ver além do que sabia ser real,

Forçou-me a compreender a beleza de um

Vida Apócrifa,

Sorvendo as delicias do saber…

Contou-me

A biografia dos apaixonados.

Possuindo-me aos poucos,

Sem que eu soubesse,

Fez de mim um desbravador agastado…

Mostrou-me

A imortalidade.

O acúmen da morte,

E o alento que gera a vida…

E agora

Tento existir depois que tudo acabou,

Sabendo que é impossível

Respirar

Sem sentir em meu âmago

O teu calor… porque já não vivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário