terça-feira, 6 de novembro de 2007

Delirio (ou fruto de uma loucura)

.então você gosta é disso?
Tem certeza que não quer me ouvir?
Veja que eu quero te dar a maior das mentiras....
Ah, mas você gosta disso…
E, sim, eu te entendo, contudo é uma lastima que não queira o meu veneno
Que de tão puro é pleno…
Ah, mais você sempre vai gostar disso…

“Eu vou te seduzir até a alma,
Passarei minha boca por todo o corpo que gritar ser teu”

Você vai gostar disso…

Agora vem,
Vou te contar minha mentira,
Que é tão pura quanto a tua verdade…

Hahaha!

Você vai gostar
Ela tem gosto de puro chocolate,
E aparência de doce mel,
Mas na verdade é amarga…Hummm.
Como é bom pra mim isso…

“, e depois eu vou te devorar minuciosamente com meus olhos,
vou te fazer gritar como o vento impetuoso que me abate.”

Você já começando a gostar… me fazendo delirar…
Surpreendendo-me com uma avareza incontestável,
Faz-me pensar que o teu gosto é mais que utópico,

Ele sou eu, não…?

“E quando ver teus suspiro de amor…
ah quando os ver, você será parte de tudo que é meu.”

Por enquanto me deixa te contar uma mentira,
Uma mentira verdadeira,
Que vai te fazer,
Esquecer o passado… abominar o futuro.

Um comentário:

  1. Muito legal este hein, só que muito atrevido;
    =P
    huiahuiahuiaiua.

    Abração, e continue postando mais!

    ResponderExcluir