terça-feira, 6 de novembro de 2007

Nostalgia e delirio

E aconteceu

Do vento se acalmar

Da brisa perfumar

O ar que te tocou...

Acometeu no primeiro olhar

O céu, a terra o mar

Querendo te amar

Meu medo adormeceu...

E foi assim que o meu mundo sorriu

Meu coração se abriu

Pra sentir teu calor...

Choro de alegria

Brilho e nostalgia

Sou Beijo tu és flor...



N.A:

Sim, ando muito "meloso"
xD

A prova disso, ou uma delas, é esse poema.

Abraços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário