terça-feira, 6 de novembro de 2007

Perceber é Julgar I

Perceber é Julgar.
Prefiro percorrer o mundo daqueles que não me entendem,
Cego para todos os sentimentos,
Leigo para todos os pensamentos,
Alheio a todos os meus internos contentamentos.

Porque o mundo que me cerca é que é fogo
Que devora tudo em mim
Só ao me ver.
Que me suga a alma e faz sofrer
Que derrama sangue sem ter por que.

Perceber é Julgar.

(...)

Um comentário: