domingo, 15 de fevereiro de 2009

Foto Grafia

Ao ver aquela foto,
O nosso limbo,
O nosso foco,
Eu brincava:

"Fotografastes o porvir".

Mas foi o inicio de um pesadelo concreto.
O chegar
De um desejar platonico e singelo
E a figura se apagou.

E conforme o tempo passa,
Em minha mente
Aquela imagem não embaça...

Aquela foto do futuro que nunca chegou.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Fita de Video

São coisas do acaso
E é assim que eles cantam "goodbye"
Enquanto o mundo gira gira gira gira gira gira...

E agora?
A gente vai correr
Ou se jogar em um poço sem fim?

De qualquer maneira
Nao importa mais o destino
Porque eu sei,
Dentre tudo que vi,
Que nao haverá outro dia
Como aquele
Em que juntos
Cantamos
Vivi.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Somniu

Hoje eu tenho pensado
Tenho vivido em um passado
Que jamais foi presente

E no silencio inalcançado,
De um olhar desejado
Sinto a vontade, vontade ausente

"Era um lugar barulhento,
E, no sonho, teu abraço o meu relento
E o meu desejo era o nosso".

Enquanto chovia
Pequenos prazeres, eu ouvia
E minha mente flutuava...

E, no travesseiro, eu sorria
Esquecia tudo, enquanto dormia
Era ali que eu navegava...

"Quando te olhei, eu senti
Voce me tocou, eu sorri
Entao o pesadelo se completou"

Mas no fim do meu mundo
Onde caio, moribundo
Só vislumbro, longe, tua alegria...

Não há nada nesse mundo,
Que realize o mais profundo,
Desejo de sermos só.

Já que na decadencia,
Não há ciencia
Caminho ou magia.

Há o nada.