segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Tanta
Tanta
Tanta poesia pra nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário