quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Diálogos silenciosos I


Ouvi por detrás da porta:
-... mas é diferente com você.
- Como assim...?
- As coisas gostam de me incomodar. Eu às vezes ando pelo quarto, e esqueço que estou dentro dele. Porque as coisas ficam me encarando e sinto medo. As pessoas...
- Que tem elas...?
- Elas não me dão medo...
- E isso é ruim?
- Não é bom.
- Por que não, Oit...
- Elas não me fazem sentir nada... Eu amo todos vocês, e sei dentro de mim que isso não é mentira. Nós rimos e brincamos e contamos piadas e brigamos... isso me faz tão bem... mas...
- Mas o quê...?
- É um bem estar vazio... Só... só com você é diferente...
- Você está dizendo que...
- Que não estou apaixonado por você.
- Então o quê...?
- Sua companhia... perto de você eu não me sinto vazio.
- E isso é bom?
- Não é ruim.
Depois disso ouve um grito silencioso e as almas daqueles dois sumiram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário