quarta-feira, 26 de outubro de 2011

À la Pethit

Esperando o dia em que você irá
Já que logo não terei nada
Interessante a te contar

Difícil... quem saberá?
Toda segunda é fria
E não há mais sol pela manhã.

Ficou triste, pensei
Tomou-se forma nosso silêncio
E decidiu parar de gritar

Então me espere, esqueça
Ou nós dois.... amanhã.

Não espere, não minta
Ou logo dirá....
e eu direi.... pra ficar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário