quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Câmbio

Meu imaginário coletivo:


Várias formas


- Os Gritos de dois vencidos.


Comediantes negros de uma paródia:


Meu imaginar instintivo


Quase uma rapsódia -
Depois de uma elegia perdida
Ou uma Prosopopeia de agora.


(pegandoasombranosustoemurmurandoemteuouvido):


Te imaginar no meu coletivo
Com Golias
É o fechar da aurora...
É finginr que não sinto
É uma poesia sem forma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário