sábado, 17 de dezembro de 2011


Essa coisa de poesia é uma grande filhadaputagem.
Uma instância sádica e satírica.
Filha-da-puta,
Como aquela figura por quem se apaixona e ri da sua cara
Da tua desgraça.

E eu sou algum tipo de masoquista.
Só pode.

Nenhum comentário:

Postar um comentário