quinta-feira, 16 de agosto de 2012

coexistência: medo

hoje eu sou o tédio
ontem eu fui teu medo
amanhã vou ser todas as possibilidades de utopia

só pra te manter sozinho,
e dobrar teu chifre -
quebra tua espinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário