sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Sozinho

ele canta sobre janta
eu falo do almoço
sentado na mesa branca
janelas à frente e para trás
e o sol do meio dia
sem hífen pra conectar nada
nem ninguém
nem palavra
e meu papel é a parede
e a parede sou eu
e eu não quero me dizer
e fica todo assim
sem nada
só assim
só sem sol
como o sol que está só
eu papel
parede crua
nua

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário